Desenhar a NAVE

 

Mais um encontro instigante! O João chegou do Rio e começamos a trabalhar nas referências da NAVE, trocamos muito e em poucos minutos já estabelecemos um idioma complexo e cheio de sincronicidade. Falar desse barco é mais interessante do que parece. Horas e horas planejando, desenhando, redesenhando, buscando referências, revendo conceitos e construindo possibilidades.Começamos a colocar no papel as formas da caixa, tamanhos, objetos e jogos. E la Nave Va !

Fabiola

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *